sexta-feira, 28 de julho de 2017

GLS - General Logistic Systems Portugal mais uma empresa a evitar

-O sector da logística em Portugal vive dias negros, com empresas que tem o foco em serviços sem organização, sem responsabilidade e sem consequências para os prevaricadores.

A GLS é uma dessas empresas que trata o cliente como lixo, optando por uma politica de silêncio, embora cheia de reclamações e repetidas infracções à legislação do sector.

Basta ver no portal da queixa o numero de reclamações apresentadas sobre esta empresa http://portaldaqueixa.com/marcas/gls-portugal-lda, para se perceber a falta de profissionalismo e de carácter desta entidade em Portugal.

A GLS retém as encomendas por tempo indeterminado, não responde aos emails enviados pelos clientes, tem uma linha de apoio ao cliente através de um número de valor acrescentado 707 200 607, pelo qual deixam os clientes em espera sem nunca atender. Em suma está literalmente nas tintas para os clientes.

Depois de ter tido más experiências com DHL, CTT e ADICIONAL, a GLS vem engrossar a lista de empresas a evitar por parte dos clientes que não queiram ter dores de cabeça.

Mas perguntam se não há empresas de logística boas? Sim há, é ligeiramente mais caro, mas a UPS tem tido uma taxa de entregas mesmo nos Açores em tempos recorde, recebo frequentemente da Holanda encomendas via UPS em 3 dias úteis, encomendas abaixo de 1 Kg por 15€, o que é um tempo de entrega excelente, nem o serviço Expresso dos CTT proveniente de Lisboa cobra tão pouco e cumpre este tempo em 95% dos casos, logo ainda há excelência de serviços em empresas como a UPS.

PS: A encomenda em questão retida pela GLS é um transformador original para um portátil Samsung, logo umas 250 gramas num envelope almofadado. 


segunda-feira, 24 de julho de 2017

Alugar Carro sem truques na manga

-Muitas  vezes não alugamos carros online devido às "taxas" escondidas, por esse motivo há que saber fazer a reserva online sem ser ludibriado pelos seguros e cauções apresentadas.

Então faça apenas a reserva da viatura sem nenhum extra e contrate os extras ao balcão da Rent a Car na hora de levantar a sua viatura, fica muito mais barato e só contrata o que realmente precisa.

Clique no link http://bit.ly/2re9zNG para simular a sua reserva e siga os passos abaixo para poupar simultâneamente na diária do seu aluguer, mas também nas franquias da protecção total. Escolha sempre politica de depósito cheio para cheio e evite taxas de reabastecimento. Alugue com inteligência.


 Indicar Locais e datas de levantamento e devolução


Organize os resultados por preço para obter o mais barato


Selecione a sua escolha e veja a empresa Rent a Car


Indique os seus dados pessoais para reserva


Indique os dados pagamento Cartão Crédito Pode usar cartões pré-pagos para maior segurança, apesar de estar num site com encriptação de dados para sua segurança.

Finalize a sua reserva e se pretender deixar logo a questão dos seguros "protecção total" arrumada, ligue à Rent a Car directamente, dê indicação da reserva acabada de fazer e poupe dinheiro.
Beneficia dos descontos online para a viatura e das melhores franquias da Rent a Car física.










sexta-feira, 21 de julho de 2017

Paco Bandeira cilindra 50.000 discos em protesto

-O cantor português Paco Bandeira, levou a cabo um protesto original, cilindrando literalmente 50.000 discos seus, em sinal de protesto contra a pirataria na internet e as rádios que não passam música portugesa.

Devia ter acrescentado, contra as entidades que deviam representar os artistas, mas que pelos vistos o não fazem.

Quando alguém organiza um evento, com passagem de música, tem de pagar à SPA, Sociedade Portuguesa de Autores e à Passe Música, taxas e licenças para o fazer, é ver os "fiscais" destas entidades a vasculhar o Facebook em busca de eventos e a contactar os organizadores para reclamar o pagamento dessas taxas e licenças, mas depois há algumas coisas que não se entendem:

  • O que é feito a esse dinheiro? 
  • Vai algum para os artistas? 
  • Como é dividido? 
  • É pedida uma SET List da música que foi usada no evento por forma a dar aos autores da mesma a sua quota parte? 
  • Se forem artistas estrangeiros o que acontece? 
  • Ou estas entidades "ganham" dinheiro para elas próprias à sombra dos direitos de autor?
Quem puder elucidar-nos favor comentar...para todos ficarmos mais cultos...as próprias visadas se possível também justifiquem.

Pesquisar no blog e na WEB

Artigos em foco

Santa Maria Azores

Online