sexta-feira, 28 de julho de 2017

GLS - General Logistic Systems Portugal mais uma empresa a evitar

-O sector da logística em Portugal vive dias negros, com empresas que tem o foco em serviços sem organização, sem responsabilidade e sem consequências para os prevaricadores.

A GLS é uma dessas empresas que trata o cliente como lixo, optando por uma politica de silêncio, embora cheia de reclamações e repetidas infracções à legislação do sector.

Basta ver no portal da queixa o numero de reclamações apresentadas sobre esta empresa http://portaldaqueixa.com/marcas/gls-portugal-lda, para se perceber a falta de profissionalismo e de carácter desta entidade em Portugal.

A GLS retém as encomendas por tempo indeterminado, não responde aos emails enviados pelos clientes, tem uma linha de apoio ao cliente através de um número de valor acrescentado 707 200 607, pelo qual deixam os clientes em espera sem nunca atender. Em suma está literalmente nas tintas para os clientes.

Depois de ter tido más experiências com DHL, CTT e ADICIONAL, a GLS vem engrossar a lista de empresas a evitar por parte dos clientes que não queiram ter dores de cabeça.

Mas perguntam se não há empresas de logística boas? Sim há, é ligeiramente mais caro, mas a UPS tem tido uma taxa de entregas mesmo nos Açores em tempos recorde, recebo frequentemente da Holanda encomendas via UPS em 3 dias úteis, encomendas abaixo de 1 Kg por 15€, o que é um tempo de entrega excelente, nem o serviço Expresso dos CTT proveniente de Lisboa cobra tão pouco e cumpre este tempo em 95% dos casos, logo ainda há excelência de serviços em empresas como a UPS.

PS: A encomenda em questão retida pela GLS é um transformador original para um portátil Samsung, logo umas 250 gramas num envelope almofadado. 


Sem comentários:

Enviar um comentário

Pesquisar no blog e na WEB

Artigos em foco

santamariaazores.net

Online