sexta-feira, 21 de julho de 2017

Paco Bandeira cilindra 50.000 discos em protesto

-O cantor português Paco Bandeira, levou a cabo um protesto original, cilindrando literalmente 50.000 discos seus, em sinal de protesto contra a pirataria na internet e as rádios que não passam música portugesa.

Devia ter acrescentado, contra as entidades que deviam representar os artistas, mas que pelos vistos o não fazem.

Quando alguém organiza um evento, com passagem de música, tem de pagar à SPA, Sociedade Portuguesa de Autores e à Passe Música, taxas e licenças para o fazer, é ver os "fiscais" destas entidades a vasculhar o Facebook em busca de eventos e a contactar os organizadores para reclamar o pagamento dessas taxas e licenças, mas depois há algumas coisas que não se entendem:

  • O que é feito a esse dinheiro? 
  • Vai algum para os artistas? 
  • Como é dividido? 
  • É pedida uma SET List da música que foi usada no evento por forma a dar aos autores da mesma a sua quota parte? 
  • Se forem artistas estrangeiros o que acontece? 
  • Ou estas entidades "ganham" dinheiro para elas próprias à sombra dos direitos de autor?
Quem puder elucidar-nos favor comentar...para todos ficarmos mais cultos...as próprias visadas se possível também justifiquem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pesquisar no blog e na WEB

Artigos em foco

santamariaazores.net

Online