quinta-feira, 29 de março de 2018

Rede Social de poucos amigos

-A nossa definição ou entendimento de Rede Social, é quase tão ingénua como se acreditássemos piamente que é uma plataforma online para fazer amigos...mas pode não ser assim.

Nos primórdios do Facebook, bastava criar uma conta, procurar conhecidos e amigos e trocar mensagens com eles; depois veio o comércio que percebeu que este agrupamento de gente num único local era o campo perfeito para "vender" tudo e mais alguma coisa, mas essa ingenuidade inicial logo começou a dar dores de cabeça e os problemas começaram porque...
  • Predadores sexuais começaram a utilizar a rede para aliciar as vítimas
  • Os ladrões começaram a monitorizar a localização dos donos das casas, enquanto estes se divertiam publicando fotos das férias paradisíacas para os amigos verem.
  • As máfias começaram a recrutar jovens para seduzir os mais desatentos e posteriormente exigirem dinheiro (extorsão), para não contar a ninguém as escapadelas virtuais dos mais incautos.
E assim o mundo perfeito do Facebook, uma das empresas de maior sucesso do mundo e com uma facturação bilionária começa a ter muitas dores de cabeça....mas uma desgraça nunca vem só e surge o erro talvez fatal.

50 milhões de dados pessoais de contas de utilizadores vai parar a uma agência de análise de dados visando comunicação estratégica para processos eleitorais a Cambridge Analytica. Por outras palavras esta empresa utilizando dados fornecidos pelo Facebook, teve um papel preponderante na eleição de Donald Trump e no resultado do referendo do Brexit. É esta descoberta assumida pelo Mark Zuckenberg como "um erro", ter criado condições para a manipulação eleitoral que vem assustar as pessoas que entraram para o Facebook por mera diversão.

Afinal qual é o real poder de uma Rede Social na formação de opinião? Este debate é agora urgente, afinal mais do que informação e desinformação, partidas engraçadas e virais, o poder de uma empresa que detém milhões de dados de utilizadores que lhe entregam de boa vontade, que monitoriza hábitos, que grava conversas e mensagens privadas, tem demasiado poder e a sociedade tem de rever o que faz online urgentemente.

Com a desculpa que os Russos andaram a praticar guerra informática, no que concerne à eleição de partidos "amigos" pela europa e américas vimos agora descobrir que afinal, dentro de portas demos uma arma tão poderosa como esta de uma empresa ter dados nossos que vão ao pormenor das cuecas que vestimos, já que "espiam" com o nosso consentimento tudo que fazemos online, dando-nos em troca aquilo que eles julgam nós precisamos para formar a nossa opinião e nos levar a tomar a decisão que lhes dá mais lucro.

Este escândalo tem levado as acções do Facebook a perdas consideráveis nos últimos dias, ontem tinha perdido 13,5% do seu valor relativamente ao inicio da semana; a somar a isso milhares de utilizadores estão a encerrar as suas contas no Facebook, devido a esta enorme quebra de confiança.

E você vai ficar ou sair do Facebook depois deste escândalo?


Sem comentários:

Enviar um comentário

Pesquisar no blog e na WEB

Artigos em foco

Santa Maria Azores

Online